Kim Jiyoung, nascida em 1982

avaliação dos leitores (4 comentários)
(4 comentários)
ISBN: 978-989-789-045-1
Edição/reimpressão: 03-2024
Editor: Singular
Código: 03748
ver detalhes do produto
16,65€ I
14,99€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
16,65€ I
14,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK

SINOPSE

Quem é Kim Jiyoung?
Kim Jiyoung é uma menina nascida numa família que queria um menino. Uma irmã obrigada a dividir um quarto enquanto o irmão fica com um só para ele.
Uma rapariga perseguida na escola por professores do sexo masculino. Uma filha cujo pai a culpa quando ela é assediada na rua.
Kim Jiyoung é uma boa aluna que não recebe qualquer recomendação para estágios.
Uma funcionária-modelo que é esquecida nas promoções. Uma esposa que abdica da sua independência por uma vida doméstica.
Kim Jiyoung começou a agir de forma estranha.
Kim Jiyoung está deprimida.
Kim Jiyoung é todas as mulheres.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Este bestseller coreano narra a luta diária das mulheres contra o sexismo endémico. O seu poder provocador brota da mesma fonte da sua banalidade total e esmagadora.
Sarah Shin, The Guardian
Fascinante e enfurecedor.
Sunday Express
Todas as mulheres que lerem este documento extraordinário encontrarão vislumbres da sua própria vida. E todas as mulheres deveriam lê-lo.
Washington Independent Review of Books

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Um grito de alerta
Dina Pereira | 2024-04-06
Um livro que todos devíamos ler. Um testemunho sobre ser Mulher na Coreia do Sul…um papel reduzido a figurante. Mulheres a que não são permitidas sonhar, ter igualdade de oportunidades laborais, serem protegidas de ataques vis por parte de homens. Um problema gravíssimo dos dias de hoje…Mulheres que deixam de querer ser mães para poderem trabalhar, com graves consequências a nível demográfico. Um romance como muito de não ficção.
TodOs Deveriam ler
AllbyMyShelves | 2024-04-06
Este livro não se caracteriza por um escrita particularmente memorável,nem por personagens bem desenvolvidas. É antes um testemunho marcante das consequências penosas de uma sociedade patriarcal -a Sul-coreana-que, apesar de alguma evolução, continua a colocar os homens num pedestal inalcansável às mulheres, logo a partir do momento em que se gera um novo ser (preferência pelo filho "varão"), e que é por demais evidente vida fora(carreira, vida familiar). Se é verdade que o contexto Sul-coreano tem as suas particularidades, muito do que é aqui relatado é também uma realidade nas sociedades ocidentais. Ainda aos dias de hoje ouvimos falar da necessidade de Igualdade de Género/Paridades, precisamente porque ainda são valores não assegurados, e sempre em detrimento do outrora desprestigiantemente designado "sexo fraco". Na capa lemos que"todas as mulheres(o)deveriam ler",mas é ainda mais pertinente afirmar que todos os homens o deveriam ler também!

DETALHES DO PRODUTO

Kim Jiyoung, nascida em 1982
ISBN: 978-989-789-045-1
Edição/reimpressão: 03-2024
Editor: Singular
Código: 03748
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 184
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance

sobre Cho Nam-Joo

Cho Nam-Joo nasceu em Seul, na Coreia do Sul, e foi guionista para televisão.

Para escrever este livro, baseou-se na sua própria experiência como uma mulher que deixou o emprego para se tornar dona de casa depois do nascimento da filha.

Kim Jiyoung, nascida em 1982 é o seu terceiro romance, teve grande impacto nos debates sobre desigualdade e discriminação de género tanto no seu país como no resto do mundo.

O livro foi traduzido para mais de 20 idiomas e vendeu mais de 2 milhões de exemplares em todo o mundo.

Ver Mais